5 de dezembro de 2007

Valeu a pena


A noite estava marcada pelo frio, pela neblina e pela fraca mobilização popular. Mesmo assim fez-se a festa, promovida por um grupo de cidadãos, sem apoios oficiais.
Os sinos tocaram a rebate, como há onze anos atrás, quando a UNESCO classificou o centro histórico da cidade como Património Mundial.


Houve música e um silêncio negro, trazido por Pedro Burmester que interpretou 4’33’’ de John Cage.


O Porto comemorou, tristonho, o 4 de Dezembro, o que não acontecia há seis anos. Só por isso, pelo quebrar da indiferença sobre tão importante momento da história recente da cidade: valeu a pena!

15 comentários:

Duarte disse...

Digo o mesmo "EU PORTO"...
Só quem está longe, e não pode vibrar ao vivo com essas emoções é que se expressa assim.
Saudade, Nostalgia, talvez seja isso.
O estar longe convida constantemente à reflexão, e se desde a distância, hoje mais próxima com as novas tecnologias, alguém nos transmite com o vigor que imprimes às imagens e à palavra, estes grandes acontecimentos, notamos que nos enchemos da nossa terra.
Só é de lamentar que, para queimar energia e esbanjar dinheiro em cheio, se reunam milhares de pessoas, e para estes eventos, que dignificam o povo e a sua terra, meia dúzia de bons amigos, cordiais e fieis com a sua cultura.
Obrigado, porque conseguiste emocionar-me: valeu a pena...

Donagata disse...

Desta vez foram poucos, para o ano serão mais. O difícil é quebrar a indiferença.
Também deve ter havido alguns problemas de informação. A minha filha foi à noite e, já tudo tinha terminado.

António disse...

Porque será que os portuenses mandaram à fava o Fernando Gomes e meteram lá o patarata do Rui Rio?
Serão masoquistas?

Abraço

th disse...

Meu amigo, aqui estou eu a agradecer a notícia, a excelencia das fotos e a divulgação.
Embora longe, sempre me tocam de perto estas manifestações.
Um grande abraço, theodora

Maggie Mae disse...

Adoraria ter participado do evento, mas só soube hoje... mesmo não sendo legitimamente daqui, já me sinto quase uma portuense de coração, pois estou aprendendo a amar esta cidade pela qual vocês se importam tanto. E com muita razão.

Ana disse...

O importante é quebrar a indiferença.
Obrigada por teres divulgado.
Não sendo do Porto, também me imPORTO.

Mariane Monteiro disse...

quanto tempo eu não passava por aqui....realmente lindo POrto!!!!!abraço.

j*o*a*n*i*n*h*a* disse...

a paixão pela nossa cidade faz com que todos estejam unidos.
e daí vem a força que possamos ter na sociedade.
assim aproveito para dar uma palavra de força para a continuidade deste bolg e aproveitar para divulgar um que está a nascer contando que aqui neste espaço também possa ser divulgado
http://invicta-criativa.blogs.sapo.pt/

JRL disse...

Muito boa inciativa! ;)

charroco disse...

charroco
http://charroco.blogs.sapo.pt/
Olh'ó charroco .
Já estou escalfado de tanto andari a fazeri propaganda ó mê Charroco .

Boa semana e muitas compras de Natali .

isabel mendes ferreira disse...

obrigada C. por tanta mas tanta beleza!!!!!






abraço. dezembrino.

Anónimo disse...

Fico muito contente de encontrá-lo por aqui. Faz tanto tempo. Ontem, lembrei de si. Hoje, sem querer encontrei um link no google para eata página e logo reconheci. Não podia deixar esta página sem um comentário. Continua um excelente fotográfico e com uma narratória fabulosa. Desejo quadras felizes.

http://osonho.spaces.live.com/

Orlando Gaspar disse...

Grande iniciativa! Paraabéns!
Quantas pessoas estavam? Mil? 500??? 200??!? ou meia duzia como me pareceu?????!!!!
Sejam sérios e perecebam que a cidade não está para vos aturar!!!

João C. Santos disse...

O Porto que conheço é-me concedido por ti...

Um abraço e obrigado

Carreira disse...

Desejo um bom Natal ao autor do blogue e a todos os seus leitores.

José Carreira

(www.cegueiralusa.com)