23 de janeiro de 2009

Letra morta



Jorge Sampaio disse um dia, quando era presidente da República, que se queríamos ser um país desenvolvido teríamos que respeitar as leis e não interpretá-las como se fossem meras sugestões que ninguém cumpria.

O caso do estacionamento irregular na Rua de 31 de Janeiro, impedindo a circulação dos carros eléctricos que ligam o Carmo à Batalha - que acontece repetidamente hora após hora, dia após dia, semana após semana sem que ninguém lhe ponha cobro – é um facto do quotidiano que vale o que vale, mas é também uma das facetas do país da letra morta ou, como referiu o ex-presidente, do desenvolvimento adiado.

9 comentários:

José Eduardo disse...

reparo nisto muitas vezes. é inacreditável como é que ainda há "gente" que faz isto.

McBrain disse...

Como já me disseram... "faz parte da nossa cultura".

Duarte disse...

Não existem escusas possíveis, é uma falta de CIVISMO: donde está o respeito pelos demais?

C.C. disse...

É uma falta de educação e um desrespeito pelos demais.Mas há qualquer coisa que me diz, que quem quer ser respeitado tem que dar o exemplo. E isto de fazer circular os eléctricos em cima de passeios,a passar rentes às portas donde é suposto saírem pessoas, crianças,não é plano que se aprove e se execute.A 2001repetiu esse cenário várias vezes pela cidade.Penso que o passeio seria para as pessoas, e o eléctrico circularia a par dos carros.Eu não deixaria o meu carro assim,sou uma «frequentadora» dos parqes de estacionamento, mas sinto-me desrespeitada com certas disposições de trânsito e com complacência da polícia.

C.C. disse...

...de transito e com as complacências da polícia aos prevaricadores.
Assim é que é.

Teófilo M. disse...

Faz falta a polícia e uma boa multa bem elevada.

António Reis disse...

quer-me parecer que vai ser cada vez pior.
PS: parabéns pelo blog

Anónimo disse...

So falta o Sr Carlos Romão dizer que isto também é culpa do Rui Rio...

Anónimo disse...

São quilómetros e quilómetros, por toda a cidade, de zonas onde é proibido estacionar ocupadas com carros diariamente... passeios, jardins, ruas, avenidas e entradas de parque de estacionamento!!!