17 de setembro de 2013

Candidatos à CMP

Rui Moreira

Instado a pronunciar-se sobre o seu pensamento ideológico, perante o apoio do CDS à sua candidatura, Rui Moreira define-se como claramente de esquerda, do ponto de vista das preocupações sociais, enquanto no que toca as funções do Estado será provavelmente uma pessoa de direita. Seja lá o que isto quer dizer, Rui Moreira capitaliza a defesa pública dos interesses da cidade e da região ao longo dos últimos anos, quando outras vozes, que tinham a obrigação de o fazer, como a do seu apoiante Rui Rio, acordaram tardiamente para esta questão. «Se tivéssemos no Porto o envelope financeiro do Estado que permitiu fazer a Expo ou que agora vai permitir transferir os contentores de Lisboa para a Trafaria para libertar a frente urbana ribeirinha de Lisboa, teríamos metade dos problemas de reabilitação urbana resolvidos», afirma.

Se for eleito, terá como prioridades a criação de um fundo de emergência e solidariedade social, a reestruturação dos serviços camarários e a reabilitação urbana. A ler no Porto24.

4 comentários:

João Menéres disse...

Reestruturação dos serviços camarários ?
Isso é que era bom !...
Aquilo é um ninho de ratazanas !

Duarte disse...

Tarefa árdua para o Sr. Moreira!...
Tudo será possível, se a sua expressão do rosto condiz com a acção.
Aquele abraço

João Menéres disse...

Esqueci-me de dizer que também sou amigo do Rui Moreira e do Nuno Cardoso...

jmsantos disse...

Fico à espera de ver o que a coligação de direita encabeçada por Rui Moreira terá para oferecer a esta pobre cidade.