1 de fevereiro de 2006

Anoitecer na Praça do Infante







29 comentários:

Pedro Estácio disse...

Olá Carlos,

Fantásticas, estas fotos!

Gosto especialmente da primeira, pela sua disposição, se bem que a Sé, vista cá debaixo tem o seu encanto!

Grd Abrç.
Pedro Estácio

Funes, o memorioso disse...

Andou por aí um tipo a berrar e a protestar contra as pessoas que vinham a este blog só para dizer que as fotos eram fantásticas, mas vou deixá-lo a falar sozinho.
Estas fotos são fantásticas.

CARMO disse...

Fantásticas?! Sensacionais!
O enquadramente, a cor e até as núvens estão excelentes!
Parabéns,
Sérgio

Carlos Romao disse...

É a luz, a luz da hora dos mágicos cansaços.

rps disse...

Fotos fantásticas, claro.
Acho que o Infante já esteve aqui noutras fotos. Lembro-me de ter dito e vou repetir: é das praças que mais gosto no Porto. A par dos Leões.
Caríssimo Carlos: vá lá... Os Leões...

Carlos Romao disse...

RPS,
lembrei-me, de ter dito que gostava da Praça do Infante, ao publicar as fotos. Quanto aos Leões, perderam muito do encanto que tinham antes da remodelação da praça. Ma eu vou lá, aos Leões, num dos próximos fins-de-semana :)

Mendes Ferreira disse...

de................................................................
m.o.r.r.e.r.


b.e.i.j.o.

monica disse...

passei há 2 dias nesta zona (onde agora raramente vou), mais ou menos a esta hora, e fiquei a pensar como estava tão mais bonita que antes (foi uma área muito descurada anos a fio, apesar da sa nobreza). a achar que a cidade me continua a surpreender. obrigada

Anónimo disse...

Parabéns pelas fotos, a que já nos habituou.
Espero que a cidade me surpreenda, quando para ela for morar brevemente.

Lino Gomes disse...

quanto tempo se leva a ser tão bom como tu? tou a pensar fazer um curso de foto ...

Carlos Romao disse...

Olá Lino Gomes,
eu não poria a questão assim. Digamos que se trata essencialmente da interpretação da luz, alguma técnica e um pouco de sensibilidade pessoal. E também um grande gosto pelas imagens, da fotografia ao desenho e à pintura.

Funes, o memorioso disse...

Olhe Carlos Romão,
Perdoe-me que lhe diga, mas você foi um bocado mauzinho com Lino Gomes. Podia ter-lhe dito a verdade, que isso não o diminuía. Era tão simples! Bastava uma frase, bastava ter escito:
- "Sabe, Lino Gomes, tudo o que eu sei aprendi com Funes."
Afinal, Carlos, você sabe que eu o considero o meu melhor aluno e uma esperançosa promessa. Um dia as suas fotos serão quase tão boas como as minhas.

Kraak/Peixinho disse...

Pois... venho então reforçar que as fotos são realmente fantásticas. Fantásticas pela luz, pelo enquadramento e pela vontade de mostrar o que se sente quando se faz click. Parabéns aos alunos, aos mestres e aos aprendizes.

Grande abraço, Carlos :)

th disse...

Antes de mais, agora que vi a tua foto...MUITO PRAZER CARLOS!
Depois mesmo antes de ler a tua resposta a um comentário tinha sentido que a Luz era Mágica, na hora dos silêncios do cair do dia.
Um abraço, th

Carlos Romao disse...

Olhe Funes, O Memorioso,
apesar de me ter armado aos cucos, podia ter-me deixado brilhar um bocadinho, não acha? Acredite, não fora o valor do mestre, não voltaria às suas aulas.

Funes, o memorioso disse...

Ainda bem que escreveu "Funes, O Memorioso" e não "Funes, O Mentiroso".
:)

Carlos Romao disse...

Mas... não é o Memorioso?
:)))

Carlos Romao disse...

O prazer é todo meu, TH :)
O responsável pela inserção da minha fotografia, lá no alto, à direita, tem um nome, o blogamigo "Funes, O Memorioso".

kraak/peixinho
um abraço e obrigado pelas sucessivas visitas à Cidade.

Teófilo M. disse...

O Infante bem aponta para o rio, pena é que ninguém lhe ligue nenhuma.

Ah! Essa luz que captas tão bem e que tem tons de cinzento tão belos que só no Porto ou em Londres se conseguem encontrar.

Será do vinho do Porto?

maresia_mar disse...

Foi quase aqui que me inspirei para o meu post de hoje.. Que fotos magnificas.. Bjhs e bom fds

Duarte disse...

Gosto de apreciar as suas excelentes fotografias.

Vou à cidade do Porto, pelo menos, uma vez por semana.

Esta cidade, que parece cinzenta, pelo granito das suas construções, tem recantos de nos deixar deslumbrados.

Parabéns
Duarte

blue kite disse...

belas...

parabéns!

lazuli disse...

se eu fosse um dia o teu olhar...
e soubesse captar com tamanha beleza esse ar..

beijos, Carlos

jhb disse...

É a primeira vez que acedo à sua página e devo dizer que aqui, descobri muito desta que eu também adoro chamar de Cidade Invicta .
Vou tomar a liberdade de adicionar aos "meus favoritos"

João Humberto Bastos

th disse...

Carlos, venho aqui desta vez só para te recomendar um site, que vais adorar, caso ainda não conheças...pelo menos não tens o link ali ao lado. Aí vai:
http://passoapasso.weblog.com.pt/

ju disse...

Olhei para a foto e lembro-me dos momentos que passo dia após dia neste local. Os lugares sao assim feitos de vivencias, ficam-nos na memoria por aquilo que vivemos neles. A fotografia é a arte de captar todos esses momentos de uma só vez.

olhar_interior disse...

Ola, Carlos!
Sempre surpreendentes tuas fotos. Sempre o olhar sensivel e tecnica apurada. Adoro tuas fotos. És responsável por eu me apaixonar pela cidade do Porto, rs.
Abraços de São Paulo - Brasil
Beatriz

NãoSouEuéaOutra disse...

Olá Carlos... Algum tempo que não viajo por aqui!!! Se eu pudesse gostaria vestir essas cores... ser só cores... essas cores inapalpáveis e só sentidas... cores que não se conseguem agarrar!!!

Sintoma de liberdade!!!

sempre as fotos que por aqui semeia são como frutos que vão brotando da ravore, que é o Carlos!

um abraço e até sempre!!!

Bernardo Moura disse...

Imagens lindissimas!