29 de março de 2006

O Majestic

...um café da Belle Époque que podia entrar no mapa das cafetarias d'A Ideia da Europa, de George Steiner.











25 comentários:

CARMO disse...

As fotografias estão divinais!
Não são grande adepto deste café... a qualidade do serviço não acompanha a "majestrosidade" do edifício... falta qualquer coisa para que in loco se sinta o calor e envolvência transmitida pelas fotografias.
Abraço!

pepe disse...

É a primeira vez que visito o blog: parabéns, isto também é serviço público! O respeito dos moradores pela sua cidade passa por cultivar a relação de fascínio e proximidade que as fotos e os textos despertam. As fotos são todas suas? Algumas são verdadeiramente lindas.

Um abraço,
Pepe

Joaquim Baptista disse...

Quanto custa um cimbalino neste local?

Carlos Romao disse...

Pepe,
as fotos são todas minhas.

Pimpinela,
um cimbalino custa 1,50 Euros.

rps disse...

CR: no comments. Abraço!

Pimpinela: é tudo carote, mas o espírito também se alimenta.

Filipa disse...

Sem dúvida, uma relíquia entre muitas, nesta cidade.

Pedro Estácio disse...

Olá Carlos!

Mais umas fotos CR para regalar a vista, a memória e o espírito.

Quanto à vista, é bastante óbvio...

Quanto à memória, este teu post sobre o Majestic relembrou-me um velho hábito, perdido já no tempo, e que vem dos tempos de estudante na FEUP, de ir tomar café ao Majestic... A última vez que estive no Majestic fui à + de um ano, qd fui assistir ao Jorge Palma (não falho um!) no Coliseu, antecedido de um belo jantar no Majestic!

Quanto ao espírito, todo o ambiente e envolvência do Majestic são um bálsamo ao dito!

Grd Abrç Tripeiro,
Pedro Estácio

Anónimo disse...

Adorei começar a descoberta desta cidade que não é minha
Majo

Dulcineia disse...

Já aí estive e tenho tantas saudades!!!!Quando voltar ao Porto quero voltar a esse lugar mágico.gostei das fotos.E do Blog.

Kafé Roceiro disse...

Simplesmente maravilhoso.
Congratulations!
abraço,
Kafé.

Nuno Costa disse...

Um local emblemático da cidade! O que é curioso é que já por lá passei muitas vezes, mas nunca lá entrei! Prometo que nos proximos tempos lá entrarei!

Abraço

feniana disse...

é surpreendente.
adoro este café. e tantos outros desta minha cidade.

Funes, o memorioso disse...

Associo sempre o "Majestic" à leitura da obra "Os sistemas fiscais", de Pierre Beltrame. Lia-a neste café, enquanto a minha namorada de então fazia ginástica (?) no Sport Club do Porto.
É muito estúpido e nada poético, mas o "Majestic" para mim ficou sempre associado aos sistemas fiscais do Pierre Beltrame.
Vale a pena dizer que no exame tirei boa nota e que as fotos do Carlos Romão captam (como sempre), não só o corpo, mas a própria alma do "Majestic"?

Duarte disse...

Tenho saboreado com imenso prazer os excelentes scones quentinhos servidos embrulhados num pano de linho, acompanhado por meia de leite ao fim da tarde.

É uma delícia a que se alia um ambiente muito agradável.

É o mais bonito cafá do Mundo.

Um abraço
Duarte

João Dias de Carvalho disse...

Local ?magistral? e, felizmente, muito bem restaurado e cuidado. Que se tenha por muitos e muitos anos assim?

JAC
Blog - "O meu Computador"
(Tecnologias de Informação e Comunicações)
http://o-meu-computador.blogspot.com/

Rui Ribeiro disse...

Tenho saudades de lá ir.

Nastenka disse...

Surpreendente a nossa cidade, de facto... E o lugares são quase todos eles mágicos também... Sublime o Majestic e parabéns pelas fotos!

João Pedro disse...

Não sei se Steiner conhece o Majestic, mas tenho a certeza de que o espírito dos cafés da Europa que ele tanto realça podia perfeitamente ser baseado neste ponto da rua Santa Catarina.

Rosario Andrade disse...

BOM DIA!
O Magestic é de facto uma pérola, um micro-cosmos onde se respira uma atmosfera etérea e e cheia de classe. Sem duvida um local de visita obrigatoria... tenho saudades! Em Agosto vou tentar voar para o Porto e passar alguns dias por ai... para matar as mil e uma saudades que o Carlos vai despertando!
Bjico!

NickyBlue disse...

Hummm... "incursões ligeiras a territórios exteriores"... Para os territórios interiores, as incursões ligeiras não bastam?

T. disse...

Ah! Este espaço é lindo! Este espaço conheço eu bem. Jantei agumas vezes aqui ao som do piano...

Luigi Mario disse...

Um local magnifico e que todos deviam fazer uma visita... espero qu enão acabe como Aguia DOuro que acabou como mais uma franchising da MacDonalds.

Luigi Mario disse...

por lapso indiquei o aguia douro como o tal cafe "franshisado" mas era o Imperial que queria dizer ;)

Abruxo disse...

E o jardim interior deste Majestic (que dá para a Rua do Coliseu do Porto) também é um mimo.

cinnamon girl disse...

Já para nao falar no especial cálice do Porto na véspera de Natal...surpreendente a forma como os teus apontamentos me ajudam a suportar as saudades infindas da terra que está cravada no meu coraçao!