18 de setembro de 2008

Bolhão, o dia zero

O Mercado do Bolhão está hoje aqui, no dia em que o acaso quis que caísse por terra uma tentativa de transformar o velho reduto tripeiro numa miragem de si próprio, numa espécie de Portugal dos Pequenitos dos mercados.



Os problemas do Bolhão, no entanto, mantêm-se e têm um nome: decadência. É esse declínio que as imagens pretendem retratar enquanto mostram, também, a dignidade e a autenticidade do velho mercado.

O que ele necessita é que o reabilitem como mercado de frescos sem, como já alguém disse, lhe atirarem com milhões de euros para cima. O Bolhão, para sobreviver, não precisa dos tiques do novo-riquismo nacional para nada.























Adenda 25 de Setembro

DIVULGAÇÃO

Caros/as Bloggers,

Temos o prazer de enviar em anexo convite para o evento do próximo Sábado, dia 27 de Setembro, 16:00H, no Salão Nobre do Ateneu Comercial do Porto.

Durante o mesmo será entregue, pela Plataforma de Intervenção Cívica do Porto, a Proposta de Reabilitação do Mercado do Bolhão.

Será ainda apresentado, às 17:00H, o documentário em vídeo "Cidade com Memória" que retrata a Cidade do Porto e em particular o Mercado do Bolhão através de mensagens em vídeo de diversas personalidades do País, como:

Cineasta Manoel de Oliveira
Arquitecto Siza Vieira Maestro

Pedro Osório Músico Rui Veloso
Actriz Simone de Oliveira
Escultor José Rodrigues

Solicitamos também a divulgação deste evento no V/ Blogue.

Agradecendo desde já a V/ presença,

pela Plataforma de Intervenção Cívica do Porto

Paula Sequeiros

10 comentários:

Josefina disse...

Boas Fotografias - como sempre - e muito bem dito. Uma boa mensagem, que esperemos resulte para benefício do Bolhão, e de quem gosta dele...Óptima contribuição...

Parabéns

Anónimo disse...

As saudades que eu tinha de aqui ver um post novo não podiam ter sido melhor saciadas com o tema escolhido! :-)
Regozijei ontem quando soube que afinal as palas que o Dr. Rui Rio usa de lado dos olhos não são assim tão grandes, e lá arranjou uma desculpa legal (que em boa hora apareceu) para voltar atrás perante o coro de desagrado. Pena não ter aparecido uma semelhante solução miraculosa quando foi o caso dos Aliados, mas adiante.

Amei essas fotografias, que tão bem transmitem a nobreza ainda patente num edifício tão degradado. Assim se distinguem as boas obras de Arquitectura.

Volte sempre, Carlos. Sentimos-lhe a falta. :-)

Duarte disse...

As fotografias têm uma qualidade tal que, com a quantidade, acabam por dar a imagem real daquilo que realmente acontece. Estrutura e ambiente decadente.
É evidente que um mercado no centro é um luxo, para os vizinhos e sem sê-lo, pois desde a Maia fui comprar ao Bolhão, sim, pois a qualidade do género estava garantida.
Carlos, obrigado por estas imagens, que vou reter como recordação dum passado digno, dum local inolvidável, do nosso Porto

Donagata disse...

Adorei as fotografias (e não só). Acreditas que já não me lembrava como é lindo o mercado do Bolhão?
Foi bom reviver esses belos pormenores tripeiros e melhor seria que se conseguissem recuperar para que a imensa dignidade que possuem pudesse sobressair.

Luciana disse...

Sou de Lisboa mas tenho pelo Porto uma verdadeira paixão – Bolhão incluído.
Também eu não compreendo, nem aceito, o que lhe pretendem fazer!
Não entendo que se arranque pedaços de alma às cidades e depois se pretenda apregoar as suas virtudes!...

Abraço
Luciana

Nota: foi assim a minha última visita ao Bolhão:
http://coisapouca-07.blogspot.com/2008/05/o-quente-bolho-captulo-ii.html

Fernando Torres disse...

O espírito da CIDADE SURPREENDENTE tardava em voltar a manifestar-se através do Carlos Romão.
Bem haja!

Torres (o escrevinhador)
http://www.fernandoserranotorres.blogspot.com/

th disse...

Fiz uma visita de saudade pelo Porto da minha meninice há poucos anos e foi no Bolhão que comi as últimas Tripas. Era S. João e estava tudo engalanado e bonito, tenho boas fotografias e boas e carinhosas recordações.
Obrigada por me trazeres a minha terra até mim, e estou certa até muitos admiradores teus, th

Eliana Vilaça disse...

olá!
tenho uma paixão enorme pelo Porto e o bolhão é claro aquele local.. obrigada pelas fotos, muitas vezes dificeis de conseguir, pelo menos fotos do bolhão que transpirem a bolhão, e estas transpiram!

sofialisboa disse...

lindas fotografias e deixem o nosso passado intacto por favor. sofia

Kiamy disse...

Fotos que encantam e surpreendem.
Mosaicos do Porto.
Saudades do Bolhão ... de tudo!