9 de fevereiro de 2011

A invasão das magnólias



Um pouco por todo o lado, em Fevereiro, no Porto.

10 comentários:

Margarida disse...

A "revelação"?
A "aparição"?
... A "invasão" lembra-me algo hostil e é tão bonito, tão miraculoso, tão precioso...
:)
é só um ideia verbal...
'jinho...envergonhadito.

Carlos Romao disse...

Margarida,
esta "invasão" é pacífica. Saiu assim porque é súbita, repentina, mas poderia muito bem ser a "revelação". Da "aparição" não gosto tanto.
:)

R disse...

ser invadido por flores até que é bom :)

maria como as outras disse...

Eu diria... "explosão"!

Margarida disse...

...pois, também me ocorreu 'explosão', porque às vezes é o que parece, vira-se uma esquina e 'pumba!': a árvore que ontem era só galhos, hoje está pejada de cor a rir-se para os nossos olhos, directo ao coração, a abrir um sorriso na boca surpresa em 'oh!'...
... mas 'invasão' e 'explosão' continuam a ter nuances de arrepio...
Revelação da quimera?
;)

quanto pesa o vento? disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
quanto pesa o vento? disse...

que linda invasão.
abraço.

Fernando Torres disse...

Cada vez que me falam de magnólias, logo me vem à memória um dos meus filmes de eleição: MAGNÓLIA de Paul Thomas Anderson

nacasadorau disse...

Aqui por Vila Nova de Cerveira, também!!!
Tenho-as no meu jardim.
Lindas.
Obrigada por mas mostrar no meu Porto.

Abraço

Duarte disse...

Beleza de Inverno que anuncia a chegada da Primavera...

Abraços