8 de julho de 2014

O que escondem os telhados do Porto

«Não é possível saber quantas clarabóias existem, ao certo, nos telhados das casas do Porto. Percebemos que são muitas, largas centenas, quando abrimos o Google Earth, por exemplo, e sobrevoamos as ruas da cidade, sobretudo nas zonas mais antigas. Quase casa sim, casa não, há provas da existência de clarabóias. São “olhinhos de vidro” que absorvem a luz, como lhes chama Luciana Bignardi, a fotógrafa brasileira de uma dupla que inclui o portuense Paulo Ferreira. Juntos descobriram e visitaram centenas de clarabóias, fotografaram-nas e agora querem lançar “Anima Luminária”, uma homenagem a este património do Porto.»

A ler aqui.

3 comentários:

Duarte disse...

No meu artigo sobre o PORTO "O meu Porto" escrevi assim: "E, sobre tudo, os teus telhados vermelhos e os olhos das clarabóias."
Visto desde a Torre dos Clérigos, fascina.
Abraços

Carlos Romao disse...

Um abraço, Duarte, e obrigado pelo comentário.

Duarte disse...

É um prazer imenso vir até aqui, enriqueço-me!...
Obrigado a ti.
Aquele abraço amigo.