21 de março de 2005

Impressões de literatas, viandantes e memorialistas # 2



«... o Porto ergue-se em anfiteatro sobre o esteiro do Douro e reclina-se no seu leito de granito. Guardador de três províncias e tendo nas mãos as chaves dos haveres delas, o seu aspecto é severo e altivo, como o de mordomo de casa abastada. Mas não o julgueis antes de o tratar familiarmente. Não façais caso de certo modo áspero e rude que lhe haveis de notar; trazei-o à prova, e achar-lhe-eis um coração bom, generoso e leal.»

Alexandre Herculano


4 comentários:

Anónimo disse...

http://comesempalavras.blogs.sapo.pt/
pronto, ja dei a voltinha..
Também gosto muito desta foto..
http://comesempalavras.blogs.sapo.pt/

Avidez disse...

Estou mto comovida com o blog. Em todo o portunese existe uma ténue linha de separação entre a rudeza e a emotividade...

Anónimo disse...

saudades

Luis Moutinho disse...

Grande foto, grande blogue!