9 de julho de 2007

Será este um blogue que faz pensar?



Pela minha parte não creio que haja por aqui grandes motivos de reflexão, nem é esse o meu objectivo. Trata-se, antes, de um espaço onde partilho uma visão pessoal da região onde nasci e vivo, que se tem revelado extremamente gratificante pelo retorno que tem tido.
É dentro desse conceito de retorno que entendo a atribuição do Thinking Blogger Award, pelos autores de O Século Prodigioso, da Oitava Edição, do (Art)snack, do Sem Demora, do Kimboio, da Menina Marota e do Nothingandall, ao fotógrafo e escriba da Cidade Surpreendente. A todos o meu obrigado e... por favor, perdoem-me a quebra da cadeia por não multiplicar estas hiperligações por cinco.

12 comentários:

JRL disse...

Olá Carlos,

Claro que faz pensar, pois como lhe disse, traz-me o viver de uma cidade que não esqueço e pela qual me apaixonei e a alma das gentes do Porto. :))
Bjs

HM disse...

Faz pensar, com certeza.
A mim faz-me sempre pensar que TENHO que voltar para essa cidade, dê por onde der, nem que seja já velhinha. :-D

Talvez o Carlos tenha por objectivo apenas mostrar aspectos do Porto, mas certamente se dá conta que também há/houve momentos de reflexão e discussão sobre as coisas que achamos que não estão bem (ou então que estão bem, como no caso da Rua de Sá da Bandeira).

Inteiramente merecido, o prémio.

LMF disse...

No meu caso, faz-me recordar com saudade, alguns momentos vividos, nos tempos de faculdade, nessa, já na altura, Cidade Surpreendente.

carloshermes disse...

Olá homónimo Romão.

Se faz pensar ou não, francamente não sei. Mas lá que o aqui publica refresca, lá isso refresca. É ar não poluído mesmo que o tema seja poluição. Caro amigo continue, que o seu continuar revigora.

Um abraço de outro Portuense.

Anónimo disse...

um abraço.




de parabéns.



mais que merecido.





__________________.piano.

rps disse...

Faz pensar, faz.
Eu penso sempre: porque é que este gajo não trabalha mais, aqui no blogue?

E também penso: porque raio é ele tão recalcitrante e não fotografa o Circuito da Boavista?...

E faz pensar muito mais!
Abraço!

Neves de ontem disse...

Quando voltar ao Porto, vou levar este blogue como guia.

Kraak/Peixinho disse...

Como é que não faz pensar? Claro que sim. Basta apenas olhar para as fotografias. Nem é preciso ler o texto. Só isto já é muito, caro Carlos.

Mais que merecido!

Hugzz!

Anónimo disse...

Conheci este site há um meses por acaso. Desde então tenho-me deliciado com a qualidade das fotos, dos textos. Para mim que sou do Porto, tem-me mostrado coisas que nunca vi e aquelas que (re)conheço têm-me sido mostradas com outra sensibilidade. Se faz pensar? Nem sei responder...talvez sentir com o pensamento ou vice-versa. Mas também não é importante.
Obrigada.
L.A.

belinha disse...

:-)

Dalaila disse...

Essa maravilhosa cidade, onde as fachadas falam, onde as pessoas têm vida por dentro, essa cidade que eu amo, essa minha cidade, que nunca aí vivi, mas que a tenho na pele, na memória, e que tenho sempre vontade de voltar e abraçar-me a ela, consegue estar estampada neste canto.

Essa cidade, onde vive o meu farol e onde se sente o meu vento do norte.

Parabéns! Faz pensar e voltar.

Beatriz disse...

Ola, Carlos, o fato de esporadicamente, de agora para frente, vires publicar neste blog, não vejo como fiasco e sim como sequencia natural das coisas. Ha épocas em que damso luz a determinados trabalhos que como filhos pequenos tomam toda a nossa atenção, mas como é natural,assim como aos filhos, nossos trabalho diminui de ritmo,e passamos a novas coisas, novas produções, mas a marca que deixamos nao some,embora venhas com menor frequencia, nem por isto o blog perde em conteudo e valor. E a magia que nos traz com as fotos e seus textos digo-te, podes rarear mas nunca faltes. Agora que aqui vivo no Porto, tenho o prazer de sentir a alma de muitas de tuas fotos. Um abraço
Beatriz