9 de fevereiro de 2009

Retratos da Invernia - VIII



16 comentários:

Claudette Guevara disse...

Se não fossem estes ocres do Porto popular, era realmente uma cidade cinzenta, nestes dias.

(posso utilizar a foto num post lá no meu blog? devidamente identificada, claro)

Duarte disse...

Que bonito!!! Mesmo molhado... são as cores do nosso Porto, que tu tão bem sabes provocar.
Parabéns

Um abraço

Carlos Romao disse...

C. Guevara,
não há cidade que não fique cinzenta com o tempo que tem feito neste Inverno. Fique à vontade para reproduzir a fotografia no seu blogue.

Duarte,
obrigado pelo comentário.

C.C. disse...

Belíssimas!

Fernando Torres disse...

A primeira é a mais bela foto dos CLÉRIGOS que vi até hoje. Quando os pormenores se esbatem, sobrevive a "patine" da invernia. O grande aliado do artista, não é a máquina nem a lente, mas sim a oportunidade do momento irrepetível.
Um abraço do ESCREVINHADOR

Carlos Romao disse...

Tem toda a razão, Fernando Torres.
Um abraço.

Dione Poisl (Noni) disse...

belas fotos!
Saudades do Porto.

Graça Pimentel disse...

Como o inverno pode ser lindo!

Um abraço

de.puta.madre disse...

Assim, até apetece o Inverno.

Teófilo M. disse...

Já tens um livrito de fotos tuas?

A.D. disse...

Confesso ser esta a primeira vez que deixo um comentário num blog... mas não resisti. Tal como muitos dos visitantes, também eu sou uma apaixonada pelo Porto e realmente tem fotos fantásticas da cidade! Gosto especialmente da foto dos Clérigos... fenomenal!! parabéns!!

douro disse...

Mão amiga trouxe-me ao vosso blogue, em boa hora direi eu. Os meus parabéns e todo o meu encorajamento para que continuem a deliciar-nos com estas fotos fantásticas. Muito obrigado

Fátima Belém disse...

Não queria repetir o que todos tem dito destas fotos de Invernia, mas de facto não há palavras diferentes.

Parabéns pelas fotos, sobretudo pela ideia em mostrar como é a invicta quando o sol não brilha, ou seja: linda!

Enquanto via as fotos, percorreu um arrepio pelo corpo... tal é a qualidade não só das fotos, mas do que foi fotografado, seja mar, rio chuva, neblina, gaivotas... tudo!

Formam o resultado que todos muito bem reconhecem.

Parabéns!

Um dia destes tlvz use uma ou outra foto, devidamente identificada, claro, no meu post. Pode ser?

Bom trabalho.

Ligia disse...

Estas fotografias do Porto são poesia.
Obrigada

jornadas disse...

Não fotografaste a minha Foz!
Que pena!

McBrain disse...

Na primeira foto, o amarelo é a única cor que difere dos cinzentos e salta à vista de uma forma fantástica!