19 de junho de 2009

Douro Faina Fluvial



O documentário Douro Faina Fluvial, com o qual Manoel de Oliveira entrou em 1931 no mundo do cinema, retrata a fervilhante e sofrida actividade ribeirinha, numa época em que o rio era uma das principais vias de acesso de mercadorias à cidade.

A lida fluvial entretanto mudou. Hoje a faina é do turismo e do lazer. Na foto, um grupo de remadores do centenário Sport Clube do Porto recolhe o seu caiaque no cais de Gaia.

4 comentários:

Luís Fonseca disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luís Fonseca disse...

Meu caro Carlos, o caiaque não seria antes um Shell 8?
Olhe que há uma grande rivalidade entre os particantes de canoagem e os de remo, e por isso, sujeita-se a "ouvir" umas bocas ;)

Carlos Romao disse...

Luís Fonseca, é provável que a embarcação seja o que diz; pareceu-me um caiaque com 8 remadores mas já verifiquei que um caiaque é movido apenas por um remo com duas pás. Mea culpa! Venham as bocas.

Duarte disse...

Uma fotografia oportuna, dum feito que há muito não via.
Parece uma centopeia, pelo modo criativo com que fizeste a tua obra, permite-me que a denomine assim...

Quanto ao tipo de barco, nestes casos o melhor é não mencionar o tipo de embarcação... ademais não sendo a tua especialidade é admitida a gralha.