13 de outubro de 2005

O espectro da ponte



Esta fotografia não terá o valor estético de outras imagens aqui publicadas. A sua importância é documental. Retrata um momento irrepetível, já que a fotografia nunca ultrapassa o acontecimento a que se refere. Cristaliza-o, aprisiona-o e repete-o mecanicamente, aqui em pontos de luz a cada clic de entrada na Cidade Surpreendente. Foi a esta possibilidade de regresso do passado até nós, através de uma imagem fotográfica, que Roland Barthes chamou spectrum.
Este espectro da ponte Luís I, faz sentir como ela estava no dia 1 de Setembro de 2003 às 11h56, encerrada à circulação motorizada, antes do início das obras para passagem do metro.

14 comentários:

Ernesto disse...

fotografia... a bengala da memória.

rps disse...

Citando Carlos Romão:
"Esta fotografia não terá o valor estético de outras imagens aqui publicadas".
Agora é que estamos bem tramados - o Funes vai ver esta foto e pensar que também pode evoluir...

Um belo documento, de facto.

monica disse...

felizmente deixaram ficar aqueles arcos - com círculos recortados - da minha infância

Avidez disse...

Folgo em saber q continuas empenhado em honrar o Porto c as tuas belas fotos/abordagens:-)

Jorge disse...

Vivendo cá para o fundo deste País em agonia relembro o magnífico Porto e o seu cheiro r sombras inegualáveis.

nelsonmateus disse...

akilo do lado esquerdo é o kê? 1 castelo?

Pedro Estácio disse...

Sem dúvida, um documento para a posteridade!

Fica a memória das travessias a pé, de Gaia para o Porto, para irmos comer ao chinês.

Abrç,
Pedro Estácio

Míope disse...

Caro Nelson, a foto é tirada a partir do lado do Porto. Do lado esquerdo vê-se uma parte da Muralha Fernandina. Eis aqui uma descrição e aqui uma foto tirada doutra perspectiva.

Ricardo disse...

Viva,

Cada fotografia é sempre irrepetível! É sempre um momento no tempo que não se repete!

As fotos estão magníficas! Como sempre!

http://filhodo25deabril.blogspot.com/2005/09/581-lbum-de-fotos-porto-e-gaia.html

http://filhodo25deabril.blogspot.com/2005/09/580-lbum-de-fotos-metro-na-ponte-lus-i.html

Abraço,

CARMO disse...

Fantástico e único! Obrigado por nos trazeres este momento.

Lino Gomes disse...

Eternizado o momento, há que olhar em frente o gozar a nova ponte no que ela conserva de histótico e oferece de modernidade

Miguel de Terceleiros disse...

Cristalização do momento... não é o que fazemos sempre quando fotografamos?!

nelsonmateus disse...

Míope, thanks pela informação!

Julia disse...

Este blogue tem imagens extraordinárias que são autênticos documentos históricos.
E faz-me sentir saudades do Porto, que apenas conheço por breves passagens ... mas que adoro.