14 de outubro de 2005

A ponte e a praça





A ponte e a Praça da Ribeira, revisitada, já com a marca do Outono. Lá no alto, uma afirmação de poder perdido no tempo: o imponente Palácio Episcopal.

23 comentários:

Ernesto disse...

estiveste no hotel, então...

lucrecia disse...

lindo lindo lindo!!! Estas fotos merecem a beleza da cidade.
Uma lisboeta que ama o Porto.

lazuli disse...

Sublime..
Entrar aqui é saborear a beleza, ainda maior por ser mostrada por ti, ter o teu toque mágico.
És de facto uma ponte que transporta visões magníficas. És..o melhor olhar sobre a cidade surpreendente.

nelsonmateus disse...

aaaaah ribeira! muito boas recordações tenho eu desse lugar.

ps: alguém sabe dizer kual é a história dakele cubo k estava na praça da ribeira? ainda lá esta?

Freddy disse...

A 1a foto é uma verdadeira obra de arte...Incrível e surpreendente!!!

Abraço tripeiro da Zona Franca

Carlos Romao disse...

Nelson Mateus,
o cubo é, quanto a mim, uma intervenção infeliz na Praça da Ribeira. Como sempre acontece a cidade integrou-o, absorveu-o de tal maneira que o local passou a ser conhecido por «praça do cubo». Eu continuo a achá-lo deslocado, desenquadrado no tempo e no espaço, com a desvantagem de ocultar uma bela fonte, que está meio abandonada, na fachada de um edifício no lado norte da praça.

Lino Gomes disse...

Que saudades de ir a Ribeira à noite! Esse lugar é mágico!

Tripeiro de Roterdao disse...

Mata-me de saudades com estas fantásticas fotos do Porto!!!!!

Dameuntango disse...

Fiquei com saudades do Porto

a.k.a.bicuka disse...

magnifico sim senhor...

isto vindo de uma alfacinha de gema tem o seu valor!

Mendes Ferreira disse...

beijos. com estas cores.:)

Avidez disse...

:-)Tb tens recebido comentários daqueles com publicidade? Anda aí uma praga...e porque é q agora p deixar comentário aqui tenho de escrever as letras q aparecem?:-)

Carlos Romão disse...

J. no Labirinto ;)
activei o código de letras para evitar a praga de comentários com publicidade. Podes fazer o mesmo no ALMA :)

Mendes Ferreira disse...

não é possível não voltar. aqui. bjo.

TR disse...

já tive o privilégio e a necessidade de ficar no Carlton, aí ao lado, creio. Apetece voltar. Excelentes fotografias, como sempre!

Milocas disse...

O Porto á noite... no auge da sua magia :)

CARMO disse...

Este post veio mesmo a calhar... ainda no Sábado ao anoitecer estive do café do cais e pude ver e comentar esta ambiente que aqui tão bem foi recreado. É um dos meus locais favoritos para ver o "cair da noite".
Um abraço!

Ernesto disse...

...porque raio!?!?!

...retiraste as outras imagens??

ando atento. não me enganas.

Ernesto disse...

ando mas é parvo.

desculpa. O browser confundiu-me.
estes ecrãns não valem um estouro.

Teófilo M. disse...

Há quem tire fotografias, há quem seja perfeito técnicamente, há os felizes que de vez em quando tiram uma, e depois há... o Carlos Romão, surpreendente...

Sempre!

E que me faz ver como o meu Porto é bonito com todos esses castanhos e cinzentos dignos de estarem expostos nos centros de divulgação da cidade, mas que andam por aqui escondidos...

Elentári disse...

Parabéns pelas fotos lindas e pelo blogue!
Adoro vir até aqui dar um passeio pela minha cidade favorita!

Malae disse...

Surpreendente a capacidade das tuas fotos me surpreenderem. Como se estivesse a (re)conhecer o Porto! E estas fotos... A Ribeira... o lugar mais lindo do mundo! Beijinhos. Malae***********

Anónimo disse...

As saudades que eu tenho dessa cidade vadia
Onde escrevia poesia
E onde sempre corria
Num "sem tempo"
sem tento
E... sem magia!

Antropofagia
De solidão gritante
Fez de mim emigrante.

Quem sabe... um dia
Não voltarei à cidade surpreendente?

Um beijo

Maria