7 de outubro de 2005

A ponte a pé



Quem não conhece o Porto que se desengane. Esta não é a ponte abordada na entrada anterior, é a outra, a segunda ponte projectada por Théophile Seyrig na cidade.



A Ponte Luís I, que deu passagem a carros de bois, a carros eléctricos e mais tarde ao trânsito exclusivamente automóvel, tem agora o tabuleiro superior dedicado à passagem do metro. Com o reforço e a reabilitação da estrutura metálica a ponte parece nova, apesar dos seus vetustos 119 anos de idade. Esqueçam o ruído e a poluição, ela está silenciosa, limpa e segura para a travessia pedonal e constitui, agora mais do que nunca, um excelente miradouro sobre o rio e a cidade.

32 comentários:

Pedro Estácio disse...

Olá Carlos,

Pensar o que a ponte já viu passar em 119 anos...

Surpreendentes fotos, Carlos!
Um óptima sugestão para um passeio de fim de dia!

Abrç,
Pedro Estácio

Lino Gomes disse...

Quando passei lá a primeira vez de metro, quando de repente se sai do tunel, confesso que quase chorei. Se fosse de noite de certo tinha chorado. Esta cidade faz-me destas coisas. Tenho que voltar lá a pé!

Anónimo disse...

Obrigado Carlos por conseguir ver como ficou este simbolo da "minha" cidade. Gosto muito. Ou e' distorcao pela positiva das tuas optimas fotos ou as coisas (tambem) ficaram muito bem!

sombra_arredia disse...

Se esta ponte falasse diria dos meus segredos :)

Ernesto disse...

já passei pelo tabuleiro superior a pé, na era do metro.

pelo inferior nem se conta. bêbado e adolescente, saindo dos tascos da ribeira para me deitar do outro lado a apreciar a vista...

bom regresso,carlos

TR disse...

as fotografias são excelentes (como sempre) e a ponte também! Obrigada pela visita!!

Carlos Romao disse...

Lino Gomes,
A saída do túnel e a entrada imediata na ponte é um mergulho no espaço. Quando fiz a viagem houve uma exclamação contida da parte das pessoas, um «aaaah!» colectivo, abafado. É um novo efeito da cidade surpreendente :)

Teófilo M. disse...

Gostava de fotografar assim...

É sempre um prazer olhar para as suas cores do Porto.

Mendes Ferreira disse...

não não vou repetir-me.....:)
H U M / H U M !!!!!! bjo.

rps disse...

Já passei de Metro, apenas do Porto para Gaia. Irei mergulhar ao contrário e irei a pé, claro. Um final de tarde destes.

lazuli disse...

Nem digo nada..

Tripeiro de Roterdao disse...

Carlos obrigado por todos estes passeios pela minha cidade.
Graças a ti, posso, mesmo longe, manter no coraçao e nos olhos, o Porto que tanto amo.
Abraço.

Arlindo do Rego disse...

"HAIKU"

"A ponte a pé,
Apenas,
A ponte a pé,
E contudo..."

Suzy disse...

Sábado... tarde de sol... um calor abrasador... e eu passei a ponte D. Luís I a pé... retratei esse momento lindo em fotografia... mas confesso.... estas imagens da ponte à noite são simplesmente sensacionais...

A "nossa" ponte ... que vive mais do que todos nós alguma vez possamos imaginar... que viu a cidade crescer... amadurecer.... que olha por nós...

O Carlos é simplesmente uma inspiração para todos nós que amamos a Cidade Invicta...

Irei voltar à ponte, à noite... a pé...

Bjs!

CARMO disse...

A fotografia está deliciosa!
Obrigado.

amie disse...

LINDO LINDO!

lazuli disse...

é lindo à noite, de dia, ao sol e à chuva. E com nevoeiro também deve ser, já que por ela nunca passei a pé...

noasfalto disse...

119 anos a embelezar a paisagem.imaginem a quantidade de água, pessoas, barcos, peixes, mágoas, felicidades, paixões, angústias, já lá passaram.Arriscaria a dizer por baixo e por cima.

As Fotografias fazem jus à dignidade da ponte.

Pena que por cá por cima não tratem de forma igual as pontes metálicas mais conhecidas de Eiffel e discípulos(Esposende-Fão e Viana)

Francisco del Mundo disse...

É sempre um prazer vir a este blog, ele que já faz parte dos meus favoritos...
Este Porto que tanto gosto, fica mágico com esta luz... E ninguém melhor que o autor deste blog para nos dar magia pura...
Abraço

Nuno Magalhães disse...

Pronto, está decidido.
Tenho que lá ir no Sábado.
Nem que chovam canivetes

Ernesto disse...

carlos. vou deixar de elogiar.
a escolha recai sempre nas mesmas palavras... não trago nada de novo aos comentários.

Abraço

Pedro disse...

Carlos, Excelentes fotos.
Já há muitos anos que não atravesso esta ponte a pé. Ora aqui está uma razão para voltar a fazê-lo! A ponte está fantástica e a vista mantém-se 5* :)

correioverde disse...

Agora que estou no Porto e tenho oportunidade de aproveitar todos estes sítios de beleza incomparável, a vontade de ver os teus posts não diminuiu. Aliás nem a vontade de sair do trabalho e ir até um sítio desses diminui.
Beijinhos.
Aprendi aqui grande lição sobre a História das pontes.

Malae disse...

Eu é que tenho que agradecer... por poder vir aqui e perder-me nestas imagens e voar directamente para uma cidade que tanto gosto! O Porto com certeza agradecerá este blog lindissimo!

E essa ponte de 119 anos e tantos encantos têm a seus pés a mais bela vista do mundo! Todos todos os dias... que saudades!

Beijinhos grandes.
Malae***************

Biblio Scalalis disse...

Com um Porto assim, até me apetece regressar a casa de vez!

lazuli disse...

Um abraço. Nunca me canso de cá vir.

Paulofsky disse...

Há tempos experimentei a linha amarela em direcção a Gaia.
Entrei no "underground" na Praça do Marquês e, como pouco há para ver para além das estações, distrai-me em conversas, quando, de súbito, uma luz imensa invade o veiculo. Então, sinto que estou a sobrevoar o Douro com uma suavidade alucinante, contemplando um quadro mágico e levemente esquecido na minha memória.
Voltei à ponte, agora de bicicleta, coloquei-me junto à saida do tunel só para observar a face dos viajentes
Mágico, não?

Anónimo disse...

Carlos Romão

O que eu e minha equipa passamos nesta Ponte nos ultimos 2 anos...mas valeu a pena o esforço de de todos nós ... podem agora os artistas tirar as suas fotos ou pintar a nossa cidade e podem as pessoas percorrer os 384 m de tabuleiro e deliciar-se com a paisagem previligiada que o mesmo nos proporciona.

Nota - que belas fotos ... tenho muitas mais e muitas delas tiradas pelo artista Carlos Romão.

Álvaro O.

Carlos Romao disse...

Caro Álvaro O.
Há por aí uma confusãozita, o autor das fotografias da ponte a que se refere dá pelo nome de Rui e não Carlos :)
Um abraço

Mario João disse...

A minha terra cada vez mais bela , embora ainda ferida na asa ...estou a trabalhar no sul do país , mas o teu estilo de envaidosar o Porto faz-me ficar bem mais perto de casa ..... O Porto que se estranha e que logo se entranha ..obrigado

jorge tomas disse...

O seu Irmão me tinha passado a sua página e hoje estive a ver com calma e fiquei Admirado pela Beleza de Fotos e o que escreve.
Parabéns!
Adoro a cidade do Porto!
Abraços
jorge tomas

Sandra disse...

Puxa vida... O Porto é liiinnnndooo!!! Suas fotos são de arrasar!!! Parabéns novamente.