17 de dezembro de 2009

Nos cinco anos d'A Cidade Surpreendente

Foi a 17 de Dezembro de 2004 que surgiu a primeira entrada deste blogue, uma pequena reflexão a propósito de uma fotografia aérea tirada por mim em 1997. A Cidade Surpreendente apareceu assim, sem anúncio de intenções aos eventuais visitantes deste espaço porque tinha uma existência anterior, na plataforma Fotolog, onde esteve entre Junho de 2003 e Maio de 2005.



Nessa altura, em 2003, existia apenas um sítio organizado, na Internet, com fotografias do Porto, intitulado O Porto em Fotografia, de António Amen.
A Cidade Surpreendente foi, então, o segundo sítio na rede destinado à publicação regular de fotografias da nossa cidade. Anunciava-se como um diário dedicado “à fotografia e à veneração da sua essência - a contemplação de imagens estáticas” que considerava ser “um prazer perdido num ambiente poluído por apelos ao movimento”.

O terceiro sítio com o mesmo objectivo foi o Baixa do Porto, um álbum fotográfico aberto à participação dos visitantes, criado por José Guimarães em Julho de 2003. Este fotologue não deverá ser confundido com A Baixa do Porto, o popular blogue iniciado por Tiago Azevedo Fernandes em Abril de 2004.

A migração da Cidade Surpreendente para o Blogger foi pautada pela perda de visibilidade. No entanto, com a passagem do tempo, começou a haver algum retorno, comentários e e-mails de visitantes que se manifestavam positivamente sobre o blogue. A primeira grande referência, que fez com que uma autêntica multidão passasse por aqui, veio do Blasfémias, a que se seguiu outra onda de visitantes, não menor, vinda do Abrupto.

O blogue diversificou-se com a publicação de pequenas reportagens e crónicas.
Em A tradição ainda é o que era, aborda-se um antigo fabricante de perucas que continua a trabalhar na Rua do Bonjardim; Na poeira da memória descreve um armazém tradicional de tecidos, entretanto desaparecido; Do moinho e da vida mostra-nos um quadro rural aqui bem perto do Porto; Uma imagem para uma nota do quotidiano portuense relata-nos um fait-divers da urbe.

Outros exemplos são as abordagens a algumas livrarias da cidade, como a Latina e a Lello e a adaptação do filme Arquitectura do Rabelo, onde se mostra a última equipa de mestres a construir um rabelo pelo processo tradicional, numa praia fluvial.

A par da Cidade Surpreendente, que não revelava a decadência do centro do Porto, surgiu, em 2006, como factor de equilíbrio, a Outra Face da Cidade Surpreendente que, mais tarde, mudaria de nome para A Cidade Deprimente. Ali mostra-se o triste estado a que nós cidadãos, mas sobretudo o regime político vigente deixou chegar e mantém, com paninhos quentes, o centro do Porto - uma enorme e extraordinária ruína, fenómeno que, como é sabido, não é apenas portuense.

Creio que ao longo destes cinco anos A Cidade Surpreendente contribuiu para o aparecimento de outros blogues temáticos sobre cidades e que mudou, na internet, a maneira de olhar - e sobretudo de fotografar - o Porto. Fora da rede foi referenciado sobretudo pela imprensa mas também pela rádio e pela televisão.

A todos os que continuam a passar por aqui, o meus parabéns. O blogue, a um ritmo muito próprio, está para lavar e durar.

23 comentários:

Josefina Baptista disse...

Parabéns ao blogue que, apesar da idade, continua elegante, bonito, interessante e útil.
Parabéns Carlos Romão pelo excelente trabalho.
...E que continue por muitos e muitos anos..
;)

ssru disse...

Caro Carlos Romão, a ssru é um sítio da Cidade que deve a sua existência à inspiração e ao desbravar do caminho feito por blogues com conteúdo e espírito crítico como "A CIDADE SURPREENDENTE" (que inveja de nome é este!).
É por isso que hoje, estamos aqui os quatro em filinha, de pé, em ovação geral, a agradecer e a marcar presença. Muito obrigados!

ana disse...

e ainda bem! sou uma visitante assídua porém este é o meu primeiro post. Como Lisboeta que sou adoro a possibilidade de vir até ao seu blog e matar da saudades onde não nasci mas que tenho como minha. Muito Parabéns pelo seu blog!

Ana Costa

José Augusto Macedo do Couto disse...

Caro Carlos Romão,

Este seu Blogue é, seguramente, um marco e uma referência muito importante para a nossa ANTIGA, MUI NOBRE, SEMPRE LEAL E INVICTA CIDADE DO PORTO e, consequentemente, para todos os Tripeiros - de nascença e/ou de adopção.

Por isso, ele é um dos Blogues que estão na minha pasta intitulada QUINTESSÊNCIA ou QUINTA-ESSÊNCIA (como se queira, pois penso que se pode escrever das duas formas).

Os meu Parabéns e que continue a maravilhar-nos com as suas entradas, por muitos e muitos anos.

José Couto
Porto
Nado em Cedofeita
Residente, primeiro em Ramalde e, há mais de 20 anos, em Aldoar

Anónimo disse...

Carlos,

Parabéns por este blog que, juntamente com a tua ajuda, me ensinou a ver a cidade com outros olhos.

Continua com o bom trabalho.

Beijinhos e até breve,

Ana Sofia Marques

Cristina Santos disse...

Parabéns à Cidade Surpreendente! E boas Festas:-)

La lectora disse...

Parabéns e lembranças, amigo Carlos. Ainda tens de fotografar Valência; não te esqueças!!!

Carqueixa disse...

Dende a Galicia, uma aperta dum seu leitor, namorado de Porto e dos "tripeiros"

Gabriel Silva disse...

parabéns, continua sempre a valer a pena

Carlos Romao disse...

Obrigado a todos pelos estímulos e pela simpatia. Uma palavra à SSRU: continuem com vossa sociedade que, apesar de ser secreta, trabalha para a transparência.

C.C. disse...

Sou uma jovem frequentadora da Cidade Surpreendente. Curiosamente fixei-me aqui com a "polémica" do abeto da Praça de S. Pedro no Natal passado. Defendi e defendo, contra todos os comentadores e o próprio Carlos Romão da colocação de um pinheiro natural naquela belíssima Praça. Mas não vou reatar a discussão.
Quero dar-lhe muitos Parabéns pela qualidade do blog, pelo seu aniversário,e continue sempre a "surpreender" com as belíssimas fotografias que faz desta cidade.

ruma2008 disse...

Obrigado por mostrar o cenário elegante.

Eu respeito as tuas obras sem o mesmo tipo em outros lugares.


De Extremo Oriente.
Atenciosamente.

lobices disse...

...sei o que isso é (como no anúncio do Cêgripe...) :))) pois já fiz 6 a 19 de Novembro
...manter a "blogagem" durante assim tanto tempo merece destaque
...e, neste caso, o Carlos Romão não só merece destaque como um abraço de parabéns pelo óptima dedicação que sempre dedicou à nossa cidade
...parabéns mais uma vez

Duende disse...

Muito obrigado! muito obrigado por nos dar a conhecer o Porto!

Anónimo disse...

A cidade já não me surpreende!

Certa gente continua a surpreender

Mas o teu olhar, Carlos, fica para o futuro

O teu olhar e as palavras do César serão marcos, serão registos para aqueles que não a sentem, não a vivem no quotidiano.

Eu só sei que não a consigo viver assim, eu só sei que não consigo fotografar no seu intímo, não sei descrever nas imagens nem nas palavras.

Deixei-me de imagens, deixei-me de poesias.

Mas sinto-me!

Aqui.

Vamo-nos por mais cinco?

Contra a mediocriedade, pela cidade, continua, s.f.f.

t. (do umbigo da urbe)

Fernando Torres disse...

Ao CARLOS ROMÃO não digo muito mais que um grande PERSISTA e NÃO DESISTA. Atendendo à época, acrescento uns sinceros votos de BOAS FESTAS e um MELHOR 2009.
Fernando Torres O ESCREVINHADOR

Karluz disse...

O Carlos Romão está de parabéns pelo magnífico trabalho com que nos tem brindado. Daqui o meu muito obrigado, esperando que continue a oferecer-nos brilhantes "bonecos" da nossa querida cidade.

Ze Manel Vasquez disse...

Há que te dar os parabéns Carlos
e agradecer-te pelos belíssimas sensações por que nos fazes passar sempre que navegamos pelos teus textos e fotografias.
Abr

Pedro Ferreira disse...

Mais uma vez parabéns por este blogue, um documento riquíssimo na nossa blogosfera...
Votos de boas festas e que este espaço continue com a mesma qualidade que nos tem habituado...

J.Arteiro disse...

De Ourense, saudamos o autor do blog e a romântica cidade da Galiza do Sul.
J.Arteiro

Lúcia disse...

Parabéns ao Carlos pelo Porto que nos mostra.

Zaclis Veiga disse...

É por meio de teu olhar que mato um pouquinho a saudade dessa cidade que tem meu coração. Parabéns e obrigada.

Lurdes disse...

Eu cá vou passando...

PARABÉNS e um Feliz Natal!

Beijinhos