16 de setembro de 2011

O Porto há 30 anos - III

Há duas cidades nesta imagem do Porto, a das ruas apertadas no interior da Muralha Fernandina (em baixo e à esquerda) e outra, de malha mais larga (acima e à direita) que surgiu depois do desaparecimento do muro medieval que cingiu o Porto durante cinco séculos. Pode até traçar-se o percurso da muralha, que era paralelo à actual rua dos Clérigos, e, no Olival – na Cordoaria –, flectia à esquerda para descer até ao rio.


A cidade de dentro da cerca parece não ter tido alterações nos últimos 30 anos; já a outra mostra-nos o Jardim da Cordoaria antes da infeliz intervenção de 2001 - que o transformou num espaço arbustivo inóspito - e a Praça de Gomes Teixeira, a dos Leões, antes de ter passado por um processo idêntico. Na Praça de Lisboa está um mercado improvisado que sucedeu ao Mercado do Anjo, desaparecido em 1952. Próximo da cúpula do então Pavilhão dos Desportos, que foi rebaptizado com o nome da atleta Rosa Mota, está ainda o conjunto de antigos edifícios que albergou o Centro de Instrução e Condução Auto, do Exército e, mais tarde, a Reitoria da Universidade do Porto. Naquele espaço surgiram outras construções que acolhem hoje alguns serviços do Centro Hospitalar do Porto.
Clique na imagem para a ver maior

5 comentários:

mfc disse...

Óptimas imagens de um Porto que já não é... e que muitas saudades me dá!

Duarte disse...

Sem palavras! Fiquei sem adjectivos que qualifiquem esta possibilidade de ver o Porto passo a posso...
Uma vez mais o meu agradecimento por poder examinar o nosso Porto assim, tão de perto
Um grande abraço

Nuno Cruz disse...

Mais uma fantástica foto, obrigado!

Jorge Rego disse...

Espectacular realmente!

Jorge Rego disse...

Realmente espectacular!